Cookie Consent by Free Privacy Policy website Minuto Biológico Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Glóbulos Brancos

Fisiologia | Sistema Imunitário

Quando falamos sobre as defesas do organismo, logo lembramos de um tipo específico de células, os glóbulos brancos ou leucócitos. Essas células desempenham sua função de defesa do organismo de duas formas, basicamente. A primeira dela é realizada por meio da fagocitose, causando a verdadeira destruição dos corpos estranhos e, a segunda, é por meio da produção de anticorpos, moléculas de defesa específicas. Os leucócitos são células móveis formadas prioritariamente pela medula óssea vermelha. Contudo, alguns leucócitos são formados no tecido linfático. Na medula há formação de granulócitos e linfócitos, enquanto no tecido linfático há formação de linfócitos e plasmócitos. Essas células são importantes por possuírem a capacidade de detectar e destruir os invasores. Seis tipos de leucócitos podem ser listados: os neutrófilos, eosinófilos, basófilos, monócitos, linfócitos e plasmócitos. Existem, ainda, os megacariócitos, leucócitos que dão origem às plaquetas. os neutrófilos, eosinófilos e

Fisiologia | Sistema Linfático

O circulação linfática atua como um verdadeiro sistema de escoamento dos líquidos teciduais, evitando o acúmulo de excretas e, desta forma, contribuindo para a renovação do líquido intersticial, além de estar diretamente ligado à manutenção das defesas do organismo, pois é responsável pela maturação e multiplicação das células de defesa do corpo, os leucócitos. No capítulo anterior, observamos a importância do sistema circulatório na distribuição dos nutrientes pelo organismo. Falamos, ainda, sobre como os nutrientes se difundem dos capilares sanguíneos para os tecidos, permitindo assim, que as células absorvam os nutrientes de que precisam. No entanto, devemos lembrar que essas mesmas células produzem resíduos como consequência do seu metabolismo, os excretas. Os excretas são substâncias tóxicas que devem ser eliminadas do corpo. O processo de eliminação dos excretas depende da atuação do fígado, rins e pulmões. O fígado é responsável pela desintoxicação do organismo, pois converte s