Cookie Consent by Free Privacy Policy website Minuto Biológico Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Pâncreas

Fisiologia | Glândulas Endócrinas

No capítulo anterior, observamos o funcionamento da hipófise e a sua importância para a estimulação das demais glândulas do corpo. Glândulas que irão produzir outros tipos de hormônios e, assim, estimular novas células, tecidos ou órgãos, contribuindo para o equilíbrio fisiológico do organismo, para a homeostase. Iniciaremos nossos estudos com a glândula tireoidiana. Essa glândula está diretamente relacionada ao metabolismo do nosso organismo. A tireoide está localizada na região do pescoço, logo abaixo do osso hioide e da cartilagem da tireoide, presente sobre a traqueia. É uma das maiores glândulas corpo, pesando entre 15 e 20 gramas. Figura 1 - Glândula tireoide. (Fonte: PAULSEN, F.; WASCHKE, J. Sobotta, 2000) A tireoide é responsável pela secreção dos hormônios triiodotironina (T3) e tetraiodotironina ou tiroxina (T4). Esse hormônios são responsáveis pelo aumento do metabolismo e a sua secreção é controlada pelo hormônio tireotrópico (TSH) da hipófise. Os hormônios T3 e T4 possuem

Fisiologia | O Processo Digestivo

A digestão se inicia com a mastigação. O ato de cortar, rasgar e triturar o alimento é conhecido como digestão mecânica, enquanto a ação enzimática caracteriza a digestão química. Para uma digestão adequada, o alimento deve estar em pedaços pequenos, facilitando assim, a ação enzimática. Uma mastigação inadequada afeta diretamente a capacidade de absorção dos nutrientes, além de causar indigestão. Durante a trituração, o alimento é misturado à saliva que, além de realizar o umedecimento, realiza a digestão química. Na saliva encontra-se a amilase salivar ou ptialina . Essa enzima inicia o processo de digestão do amido, quebrando-o em moléculas menores, dissacarídeos de maltose . Contudo, a digestão do amido irá ocorrer prioritariamente no duodeno.  Figura 1 -  Ativação do pepsinogênio em pepsina. (Fonte: Life - The Science of Biology. 7ª Ed., 2004). Após a mastigação, o bolo alimentar é deglutido, passando pela faringe e pelo esôfago até chegar no estômago. A movimentação dessa massa

Fisiologia | Órgãos do Sistema Digestório

Nosso estudo sobre o sistema digestório se inicia pela boca, ou melhor, pela cavidade bucal. nessa cavidade existem várias estruturas para darmos destaque. Dentre as quais, destacam-se os dentes, língua, úvula e glândulas salivares. Os dentes são responsáveis por cortar, rasgar e triturar o alimento. Isso é possível  graças à heterodontia , ou seja, a presença de  dentes distintos, o que leva a funcionalidades diferentes. Figura 1 - Estruturas da cavidade bucal. (Fonte: Sobotta: Atlas de Anatomia Humana) Em um adulto, são encontrados 2 incisivos frontais e 2 laterais, 2 caninos, 4 pré-molares e 6 molares, tudo isso na arcada superior. Se duplicarmos esse padrão para a arcada inferior, temos um todas de 32 dentes. Os incisivos são achatados fronto-dorsalmente, ou seja, na frente e atrás. Esse formato lhes permite cortar o alimento. Já os caninos, possuem um formato pontiagudo, o que lhes permite rasgar o alimentos. Os pré-molares e molares são largos e de formata levemente cúbica, o qu